Sangramento grave

09 Out Sangramento grave

Se possível, antes de tentar parar um sangramento grave, lave as mãos para evitar infecções e coloque uma luvas. Se a ferida for abdominal e se órgãos tiverem sido atingidos, não tente colocá-los no lugar, cubra a ferida.

Para outros casos de sangramento grave:

  1. Deite a pessoa lesionada e cubra-a para evitar a perda de calor corporal. Se possível, posicione a cabeça da pessoa um pouco abaixo do tronco ou eleve as pernas e eleve o local do sangramento.
  2. Enquanto utilizar luvas, remova qualquer sujidade óbvia da ferida. Não remova quaisquer objectos grandes ou completamente dentro da ferida. A sua principal preocupação é parar a o sangramento.
  3. Aplique pressão directamente na ferida até que o sangramento pare. Utilize um penso ou um tecido limpo e continue a pressionar durante pelo menos 20 minutos sem verificar se o sangramento parou. Mantenha a pressão cobrindo bem a ferida com um penso ou um tecido limpo e adesivo. Utilize as mãos se não houver mais nada disponível. Se possível, utilize luvas de borracha ou de látex ou utilize um saco de plástico para protecção.
  4. Não retire a gaze ou o penso. Se o sangramento continuar e trespassar a gaze ou outro material que estiver a segurar na ferida, não o remova. Ao invés disso, coloque mais material absorvente.
  5. Aperte a artéria principal se necessário. Se o sangramento não parar com a pressão directa, aplique pressão na artéria que bombeia sangue para a área. Os pontos de pressão no braço estão dentro do braço pouco acima do cotovelo e pouco abaixo da axila. Os pontos de pressão na perna estão atrás do joelho e na virilha. Aperte a artéria principal nestas áreas contra o osso. Mantenha os dedos abertos. Com a outra mão, continue a exercer pressão na ferida.

Imobilize a parte lesionada do corpo assim que o sangramento tiver parado. Deixe os pensos no lugar e leve a pessoa magoada para uma urgência o mais rápido possível.

Se suspeitar de hemorragia interna, chame o 112 ou o número de emergência local. Os sinais de hemorragia interna incluem:

  • Sangramento de cavidades corporais
  • Vomitar ou tossir sangue
  • Lesões no pescoço, tórax, abdómen ou costelas
  • Feridas que tenham penetrado o crânio, tórax ou abdómen
  • Maciez abdominal, possivelmente acompanhada por rigidez ou espasmo dos músculos abdominais
  • Fracturas
  • Choque, indicado por fraqueza, ansiedade, sede ou pele fresca ao toque



Envie-nos o seu contacto, para podermos ajudar

Indique-nos  todas as informações possíveis para prestarmos o melhor atendimento, o mais personalizável possível.






×